PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Juiz Federal: “Agenda de Rosalba era construída para justificar presença em Mossoró”

O juiz federal Marco Bruno de Miranda, relator do recurso que resultou na nulidade do diploma da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), disse hoje, em entrevista à Rádio Cidade, que a agenda da governadora na época da campanha eleitoral “era construída para justificar a sua presença em Mossoró”

O fato, segundo o juiz, ocorria “justamente no período de campanha, porque a grande maioria dos compromissos oficiais ocorria na sexta-feira e na segunda-feira, de modo que a governadora aproveitava o fim de semana para participar da campanha em Mossoró”.

Ao todo, Rosalba teria utilizado o avião do Estado ao menos 34 vezes irregularmente, sendo que 17 idas e 17 voltas, no percurso Natal-Mossoró. “Eu constatei no processo pelo menos 17 vezes. Há outro processo que aponta algumas outras vezes, que foi um processo julgado na mesma sessão logo em seguida. Então seriam 17 trajetos de ida e 17 trajetos de volta”.

Segundo o magistrado, “a alegação é que a governadora possui residência em Mossoró e por isso essa não seria uma conduta proibida”. No entanto, ele mesmo contesta. “Nós fizemos uma comparação entre os planos de voo das aeronaves do Estado e a agenda da governadora, e a primeira observação que se tem é que em alguns desses trajetos não havia compromisso oficial da governadora em Mossoró nesse período”, afirmou.

Também foi feita uma análise da agenda da governadora, segundo Marco Bruno, e se percebeu que a governadora, nesse período, “tinha muito mais compromissos oficiais em Mossoró do que no restante do Estado inteiro”.

“Então, fazendo uma análise desse contexto, se chegou à conclusão de que a agenda da governadora era construída para justificar a sua presença em Mossoró justamente no período de campanha, porque a grande maioria dos compromissos oficiais ocorria na sexta-feira e na segunda-feira, de modo que a governadora aproveitava o fim de semana para participar da campanha em Mossoró”, destacou o magistrado.
(Divisor Político)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário