PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Um linchamento público



Diante de várias tarefas que tem tomado o meu tempo, tenho visto e acompanhado muito pouco o caso Dilermando Mota, o desembargador que destratou um garçom.

O desembargador deve ter se excedido ao se dirigir o garçom. Deveria ter usado a gerência do estabelecimento e não se expor tanto.

Por outro lado temos o empresário que saiu em defesa do garçom. Pelos vídeos que tenho visto esse é um destemperado. Que o cara possa ficar indignado, mas é um esquentadinho sem educação e pronto para briga.

Mas, o que se ver nas mídias sociais é o linchamento do desembargador e o endeusamento do empresário. Eu não seguirei isso. O que vi foi o defensor do garçom sem controle emocional e desacatando fortemente um desembargador.

É muito pouca coisa para se promover um linchamento público. Também não vi nenhum vídeo que mostra Dilermando Mota destratando o garçom como foi destratado pelo empresário Alexandre Azevedo.

Com isso, não estou defendendo o desembargador, apenas estou emitindo a minha opinião sobre o caso. Conheço Dilermando Mota quando foi juiz de Alexandria, e fez muito pela cidade. Ele era meu amigo e já visitou até o sítio dos meus pais. Não conheço esse lado que apregoam sobre Dilermando nas redes sociais.

O que vi nos vídeos naquela padaria foram vários brancos, literalmente, pisando sobre um negro. Repito: Não estou saindo em defesa do desembargador, acho que ele cometeu sim um erro. Mas, pelo visto, existe também um pouco de racismo sobre esse linchamento público.

Um comentário:

  1. Caro j. Gomes.
    Como defender o Sr. Dilermando o
    desembargador se ele foi o estopim de tudo isto,ele pode ser até uma ótima pessoa mas pisou na bola, o outro ficou esquentado, por que a revolta pelo fato acontecido era grande e o cara não teve estomago para ficar calado, mesmo o Sr.Dilermando também queria agredir o revoltado, só não o fez por que tinha um pessoal o segurando. E sobre racismo é muita falácia neste nosso país, por que racismo mesmo neste país não o é de cor, é de diferença econômica, tanto o preto como o branco sem dinheiro é descriminada. Também tem, raça só existe uma a HUMANA.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário