PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Apagão do setor elétrico é também financeiro

O balanço anual da Eletrobras, a ser divulgado em março, vai registrar rombo superior a R$ 8,7 bilhões. Apesar do tamanho da estatal e do problema, a direção da Eletrobrás não tem interlocução com quem decide no governo, por isso tem procurado políticos governistas para suplicar interferência junto ao ministro Guido Mantega (Fazenda), para drenar recursos do Tesouro a fim de salvar a empresa da bancarrota.

A Eletrobras foi prejudicada com a renovação onerosa das concessões, para Dilma “faturar” politicamente a redução da conta de luz em 20%.

Já não há dinheiro na Eletrobras, em fevereiro, para despesas com pessoal, material e serviços. Por ano, totalizam R$ 9,4 bilhões.

A situação da Eletrobras é tão ruim que a empresa nem sequer pode recorrer a crédito bancário. Nem tem um centavo para investimento.

Lula prometeu fazer da Eletrobras “uma Petrobras”. Conseguiu: como na petroleira, o prejuízo na holding do sistema elétrico é bilionário.
(Cláudio Humberto)
 
Do Site: Para completar o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, disse que para tornar o sistema "mais seguro ainda" era o povo que ia pagar a conta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário