PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Uma politicagem nojenta, barata e contra o povo



Opinião é para os fortes, valentes e corajosos. Definir a sua posição publicamente em assuntos polêmicos não ficou para covardes.

Em todo Brasil, principalmente nas redes sociais, estão fazendo uma campanha travestida de humanismo barato, onde por trás disso rola a politicagem suja, nojenta de denegrir a imagem de qualquer jornalista ou pessoa de destaque que se imponha sobre o atual governo.

Tudo começou quando a repórter do SBT, Rachel Sheherazade, disse que o povo brasileiro que paga um dos impostos mais caros do mundo não podia se dá ao luxo de permitir que o governo brasileiro construísse portos em Cuba, principalmente quando os nosso estavam em péssimas condições. Veio novamente o comentário da repórter sobre o bandido preso nu em um poste no Flamengo, Rio. A imprensa Petista travou nas suas redes uma campanha ferrenha contra a repórter.

Eu estou com ela, não comungo com sociólogos, psicólogos e outros ólogos de plantão, além de humanistas que não encaram a realidade. E não me venham dizer que não devo me igualar aos bandidos. Eu não atiro em crianças e mulheres grávidas para roubar e comprar drogas, eu não ateio fogo em dentistas porque não tem o dinheiro que preciso.

Se aquele marginal não tivesse sido amarrado ao poste talvez tivesse cometido um crime naquela noite. Toquem na ferida, o estado não está cumprindo com o mínimo do dever de oferecer segurança ao cidadão. São os corruptos, principalmente, que mais matam e promovem a desigualdade social. Não vamos ser hipócritas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário