PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

quinta-feira, 27 de março de 2014

As manchetes desta quinta sobre política no estado



Palanque de apoio à candidatura ao governo de Henrique Alves pode ‘rachar’ pela metade - O grupo de dez partidos articulados para apoiarem a candidatura do pré-candidato do PMDB a governador do Rio Grande do Norte, Henrique Eduardo Alves, rachou nesta terça-feira. Uma das legendas integrantes do grupo, o PSL, presidido no estado pelo advogado Araken Farias, não aceitou a proposta de apoio ao PMDB, abrindo dissidência dentro do chamado G 10. Pelo menos quatro legendas, integrantes do grupo, podem acompanhar o racha.

Aliados de Henrique são a ‘cara’ dos últimos 40 anos no RN, critica Fernando Mineiro - Todos os últimos ex-governadores do Rio Grande do Norte, de quatro décadas para cá, apoiarão a candidatura do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) a governador do Estado, desde Lavoisier Maia (PSB), passando por José Agripino (DEM), Geraldo Melo (PMDB), Vivaldo Costa (Pros), Garibaldi Filho (PMDB), Wilma de Faria (PSB) e Iberê Ferreira de Souza (PSB), deixando de fora apenas Fernando Freire, que está fora da política. A constatação é do deputado estadual Fernando Mineiro (PT). Segundo ele, o palanque em torno do presidente da Câmara dos Deputados representa a “síntese dos últimos 40 anos, síntese de onde o nosso estado chegou”, afirmou, em entrevista ao Jornal de Hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário