PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

sexta-feira, 21 de março de 2014

Curtas

Vida que segue – Atraso nas postagens, cobranças, mas volto ao espaço que forma opinião e não só noticia os fatos. Depois de plantões corridos no ITEP retorno a terrinha com informações quentes.

Rejeição – Tenho conversado com alguns professores e parte da categoria está rejeitando as ações e o tratamento dispensado do secretário municipal de educação Prof. Carlos. O fato tem levado alguns educadores a desistir de se reunir com o administrador da pasta.

Motivo – A luta dos professores agora é pela chamada redução de carga horária, que de redução não tem nada. Apenas limita o tempo em dez horas semanais para que os educadores possam planejar para que melhore o nível da educação como um todo. Isso é lei e já foi implantado em quase todos os municípios da região. Atualmente os professores trabalham excedentes, pois cumprem carga horária de 40 horas além de ocupar um tempo que poderia estar com a família e cuidando da sua vida pessoal, com planejamentos.

Reunião – Foi agendada pelo SINDALE, no início da semana, uma reunião para discutirem o assunto com o secretário e o prefeito Nei Rossato, além da sua assessoria jurídica. O secretário colocou obstáculos e disse que a secretaria não dispunha de professores suficientes para substituí-los. Uma professora presente propôs que a secretaria chamasse os concursados. O secretário, rispidamente, disse à professora que ela desconhecia, pois professores concursados estavam sendo chamados.

Finalmente – O prefeito Nei Rossato decidiu que vai realizar um estudo e pediu que uma comissão fosse formada. No próximo dia 07 haverá nova reunião para decidirem.

Mudando da água para o vinho – Um dos professores disse ao site que o secretário de educação Prof. Carlos, antes de assumir a secretaria, era um ferrenho defensor da classe, inclusive um condutor de denúncias ao Ministério Público, hoje havia mudado da água para o vinho, pois se mostra contra os direitos dos professores.

Do site – Apenas dois pontos: não existe essa de comissão de professores para decidirem, a redução é lei e tem que ser cumprida em nome de uma educação melhor. Segundo, não existem publicações no Diário Oficial convocando ou ocupação de cargos de novos professores pela secretaria de educação.

PMBD anuncia chapa 2014 – Como se esperava é dada como certa a candidatura de Henrique ao governo do estado. Venhamos e convenhamos, os boatos de que a candidatura de Henrique é tida como boa notícia para oposição diante do índice altíssimo de rejeição que mostra que o candidato é muito ruim, poderá trazer fôlego para candidatura de Robson Faria (PSD) e Fátima Bezerra (PT).

Por outro lado – Rosalba Ciarlini (DEM) tenta a reeleição, mas depende da sua bancada que já acenou a possibilidade de coligação com o PMDB.

Ibope – Só se fala na reeleição da presidente Dilma no primeiro turno com 43% das intenções de votos. Porém, 64% dos entrevistados desejam mudanças nas ações do governo.

Da coluna de Laurita Arruda - O ministro Garibaldi Alves Filho chega hoje ao Rio Grande do Norte e amanhã cumpre agenda da Previdência. Vai a Alexandria inaugurar a agência da cidade. Próxima semana, ainda inaugura a de São Miguel antes da agenda do PMDB na sexta e antes de sair de cena para dias off em Portugal.

Um comentário:

Deixe o seu comentário