PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Para mim não foi nenhuma supreza



Mesmo com os ensinamentos de Lula, Dilma provou que não é boa de bico. Nervosa, não respondeu a perguntas polêmicas como corrupção e saúde. Enfim, a entrevista não passou disso. Dilma usou a estratégia de encher linguiça e, no final, ainda ganhou um minuto do tempo.



Atestou o que todo mundo sabe: o PT protege os seus corruptos. Tentou enganar ao dizer que não comenta sobre decisões do STF, quando a pergunta foi direcionada ao seu partido que além de protegê-los ainda os trata como heróis. Veio com aquele papo mentiroso e desastroso de que aparelhou a Polícia Federal e blá, blá, blá. Até mentiu mais ao dizer que no governo do PT criou a CGU, quando na realidade foi criado em 2001 no governo FHC.



Sobre a corrupção constatada em vários ministérios e o jogo do tira e põe ministro, Dilma meio que desconversou e disse que nada havia sido comprovado. Como sempre.



Sobre o caos na saúde, falou o que todo mundo sabia, como se o caos de 12 anos de governo fosse resolvido com o Programa Mais Médicos. Ao ser indagada se considerada a saúde mais ou menos, nem disse que sim, nem que não.



Sobre a economia, quando indagada dos números preocupantes de crescimento pífio e uma inflação que estava no topo de quase 7% ao ano, perguntou aonde Bonner havia tirado os números, como se fossem mentirosos. Disse que a inflação este mês era de 0,8%. Para uma presidente que diz isso na maior audiência do Jornal Nacional, é um tiro no pé, pois o povo vai ao supermercado todos os dias e sabe que a realidade é bem outra.



Mas, o que poderia ter decepcionado a mim como outras pessoas a entrevista? Simples. A coisa é tão feia nesse governo, que quinze minutos não eram suficientes nem para serem formuladas as perguntas de falcatruaras e corrupção desse governo.
 



Por fim, a entrevista foi ruim. Os dois âncoras não foram tão duros como os foram com Aécio e Eduardo Campos e ainda deram de lambuja um minuto a mais a presidente que gaguejou até ao pedir votos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário