PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

domingo, 10 de agosto de 2014

Quem acredita nisso?



Nunca entendi perfeitamente como o IBGE mede a inflação. Mas, de uma coisa eu tenho certeza: nada reflete com a realidade.

O que mais me espanta, são alguns educadores, pais de família, em fim; pessoas que vão ao mercado todos os meses, comemorar e enaltecer o governo petista porque o IBGE apresentou números de uma inflação em julho praticamente inexistente, 0,01%. Até o número é estranho e significa o menor índice desde 2010. Quase deflação, diz o governo.

Ora, vão as favas! Quem vai ao mercado todos os meses sabe quanto o salário tem desvalorizado. Em apenas dez dias o valor de uma compra não corresponde mais a mesma nesse período de tempo. As velhas e temidas máquinas de remarcação de preços funcionam todos os dias. Que números são esses gente? Isso é para fazer o povo de besta.

Segundo matérias a queda da inflação reflete na baixa de preços pós Copa das diárias de hotéis, passagens aéreas e outros. E eu com isso? Sou um cidadão comum como a grande maioria dos brasileiros. Que a inflação seja medida de acordo com a necessidade básica de uma família.

Vão para a vaca que partiu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário