PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

domingo, 30 de novembro de 2014

Da coluna de Cláudio Humberto

O presidente da Câmara, deputado Henrique Alves (RN), articula com o vice Michel Temer e o líder do PMDB, Eduardo Cunha, para assumir o comando Ministério Integração. Alves, que perdeu a disputa pelo governo potiguar, é “dono” de feudo no Departamento de Obras contra Seca (DNOCS), onde indicou os três últimos diretores. Um deles, Elias Fernandes, foi acusado de desvios de R$ 192 milhões, em 2012.


Quando surgiram denúncias, Henrique Alves desafiou Dilma a “contrariar o maior partido do Brasil”. Resultado: ela demitiu Elias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário