PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Máfias atuam na Saúde Pública do Estado

A cada dia que passa, o governador eleito Robinson Faria recebe informações a respeito de ‘máfias’ que atuam na Saúde Pública do Estado. Enfermeiros, servidores e médicos narram situações que estarrecem pela desonestidade de profissionais que atuam na área.

CÉREBRO
Uma das histórias que contaram ao futuro governador é que há profissionais que prescrevem um determinado procedimento para ser efetuado na cabeça do paciente, por exemplo. O médico chega a abrir o crânio para colocar uma placa ou cateter no cérebro. Porém, mesmo após a abertura da cabeça, a peça não é colocada, mas o médico chega a cobrar R$ 30 mil do Estado como se tivesse feito o procedimento. Merece investigação rigorosa.
(Túlio Lemos)

Do Blog: O SUS também é leito para prática de cirurgias e mais cirurgias sem qualquer diagnóstico mais preciso. Entrou no consultório e o médico (com raras exceções) já dá o comando: passa na recepção para marcar a cirurgia.


Tenho exemplo disso em casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário