PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Lula reaparece

Depois de algum tempo sumido desde que surgir a tramóia do Petrolão, Lula retorna a cena ao falar para uma platéia de militantes e, desferir, como sempre, a conversa sebosa que entoa para “cumpanheirada.” 
Veja trechos:
“Eu dizia na reunião da bancada hoje: a gente reclama das investigações? Não! A gente reclama é da interpretação das investigações. Não tem um instrumento nesse país que esteja servindo para investigar e para aparecer tantas denúncias de corrupção como os instrumentos que nós criamos. Nós! Ninguém! Fomos nós que criamos todos os instrumentos que permitem às pessoas compreenderem: neste país, a partir do governo do PT, ninguém será impune se não for honesto, se não for ético e se não fizer as coisas corretas. Esse partido não nasceu pra fazer igual.''

O tom da conversa já começou. Esse foi o sinal de que a cartilha de intenções do PT foi lançada para seguir o mesmo trajeto do que foi imposto no caso do mensalão: Os envolvidos no escândalo da Petrobras deverão receber defesa ostensiva e a culpa será da imprensa que fará uma condenação antecipada.

No final, deverão ser tratados como heróis, assim como foram os ladrões do mensalão em um passado recente.


Óleo de Peroba Lubraz 171. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário