PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

Um Natal repleto de amor e um ano novo de muita paz e realizações

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Sem um bom inverno será inimaginável prever a catástrofe

Vocês ouviram as palavras do Secretário de Recursos Hídricos Maírton França. 80% dos municípios do Rio Grande do Norte sofrem com a falta d’água. Muitos em situações mais graves do que Alexandria.

Antes de abordarem o tema proposto para Audiência Pública, tanto o vice-governador Fábio Dantas, quanto o secretário Maírton França, fizeram um esboço financeiro do Estado. Em um dado momento, Fábio Dantas disse que só Deus poderia, de imediato, melhorar a situação e, em segundo lugar, a força da equipe técnica do novo governo.

O débito do Estado é de R$ 610 milhões. Segundo Fábio Dantas a arrecadação não cobre as despesas. A folha de pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS é de R$ 140 milhões. O Estado arrecada metade disso. “Não existe mais onde enxugar”, disse Fábio, mostrando que a situação é crítica.

Os recursos para implantar, urgentemente, uma ação para sanar as necessidades de falta de água desses 80% dos municípios Potiguares têm que aparecer. Mas, pelo que parece, a Secretária de Recursos Hídricos está totalmente desestruturada. Maírton França disse que sequer um plano emergencial de combate a seca existe. Mais de 1.700 poços foram perfurados pelo governo anterior e não foram instalados.

A Defesa Civil do Município foi alertada a decretar estado de emergência. O Estado também deverá fazê-lo. Vamos esperar por recursos federais? Sem dúvida é sofrer um longo período. E quando tais recursos chegam, metade se perde no meio do caminho. É a velha história que todos nós conhecemos.

Esse é o quadro exposto. Espero que não me achem pessimista demais. Mas, esse filme nós já conhecemos. A nossa esperança está, além de um bom inverno, nas mãos de Fábio Dantas.


Ainda hoje a edição do Telejornal Vip TV sobre a audiência Pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário