PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

domingo, 29 de março de 2015

Novo ministro critica Renan, Cunha e o PMDB

O novo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, ex-funcionário do governo Lula entre 2004 e 2008, costuma criticar asperamente o PMDB e seus principais líderes. Durante palestra gravada em vídeo, quando se refere aos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, afirma: “pelo visto não têm preocupação maior com o País” e lembra que ambos “são acusados de fatos de corrupção grave”.

Para Renato Janine Ribeiro, é “perigosa” a eleição de Cunha, que “define a pauta” da Câmara. E insiste: “É uma coisa muito grave”.

Para o novo ministro, entre os três da linha de sucessão (o vice Michel Temer, Cunha e Renan) o “único na esfera civilizada é Temer”.

Renato Janine Ribeiro diz que o PT “era o partido da ética” e concluiu que o partido de Dilma “relaxou no combate à corrupção.”

Para o novo ministro da Educação, no mesmo vídeo, “a presidente não é a mais fácil do mundo em termos de gestão, direção etc.”

Do Blog: A matéria acima foi postada por Cláudio Humberto no seu blog. Traduz a fragilidade do PT. Acuado, depois de descoberta a quadrilha na Petrobras que fazia caixa 2 para o partido e aliados.

Desprezado pela grande maioria dos brasileiros como um mentiroso sem escrúpulos. E agora acuado pelo PMDB que está dando as cartas. Ironicamente parece que foi o que sobrou para o PT.


O PMDB já fez o governo demitir um ministro da educação. Já obrigou que nomeasse um nome do partido para o Ministério do Turismo. Nome do ex-presidente Câmara, Henrique Alves, que recebeu com pompas em seu estado o candidato oposicionista Aécio Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário