PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

domingo, 19 de abril de 2015

Municípios do RN podem perder R$ 730 milhões

O Decreto 8.407, publicado no Diário Oficial da União em fevereiro, disciplina, para o exercício de 2015, o bloqueio e possível cancelamento das despesas inscritas até 2014 em restos a pagar (RAP) não processados dos órgãos e entidades do Poder Executivo Federal.


No caso dos municípios potiguares, essa perda pode chegar a R$ 730 milhões. Restos a Pagar (RAP) são as despesas empenhadas, mas não pagas dentro do exercício financeiro, ou seja, até 31 de dezembro, distinguindo-se as processadas das não processadas.
(Robson Pires)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário