PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS PLANTÃO MÉDICO CASOS E ACASOS

Páginas

terça-feira, 15 de setembro de 2015

El Niño pode ser o mais intenso da história

O aquecimento global, associado a fenômenos naturais como El Niño, provocará temperaturas muito elevadas em 2015 e 2016, afirma um relatório publicado nesta segunda-feira (14) pelo serviço meteorológico britânico (Met Office). O estudo publicado analisa detalhadamente o El Niño, que voltou a ser detectado em março e pode ser “um dos mais intensos” da história.

Do Blog: Já estamos careca de saber que o efeito El Niño é o provocador de seca no nordeste brasileiro. Havíamos publicado matéria neste blog de um estudo semelhante pelo serviço de meteorologia da Flórida – EUA, que indicava o efeito tão forte como nunca acontecerá nos últimos 60 anos.

Isto é mais que preocupante. Isto é apavorante. Não se dá nem pra imaginar o que acontecerá com uma seca em 2016. Será uma catástrofe sem precedentes. E os governos sabem disso. Eles são alertados com antecedência. Mas, como sempre, quando o fato acontece, chegam com o paliativo. Às vezes nem isso. Tiremos como exemplo o governo do Rio Grande do Norte. Perfuração de alguns pocinhos e instalações morosas de outros, como acontece em Alexandria. Depois de seis meses do governo se fazer presente aqui e prometer que as providências seriam tomadas com urgência, instalar dois ou três pocinhos, deles ainda sem funcionar, é muito pouco.

Caso esse fenômeno se prolongue para 2016, a coisa vai ser diferente. O lençol freático não vai permanecer toda vida a disposição sempre que se liga um motor-bomba. Onde se tira e não se bota; se acaba. Com certeza os governos irão dizer que não têm de onde tirar água. O governo do PT faz de conta que a sede não está assolando o nordeste. Fala-se de uma transposição que se arrasta há anos como uma solução definitiva, quando sabemos que não é. Precisa-se do principal: uma política séria de investimentos estruturais.


Para se ter uma ideia da situação, a maior barragem do Rio Grande Norte, Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves no Vale do Açu, entrará no seu “volume morto” no próximo ano. A informação é do Secretário de Recursos Hídricos, Mairton França.

Nenhum comentário: