PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS PLANTÃO MÉDICO CASOS E ACASOS

Páginas

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Prefeito de Antônio Martins critica repasses do FPM do governo que apóia

O prefeito de Antônio Martins, Zé Júlio, vai à imprensa para relatar a situação do município com a cota zerada da primeira parcela do FPM de setembro. “O valor não deu sequer para o município quitar o INSS, que equivale a 150 mil reais mensais.”

Segundo o prefeito, somadas à inflação dos últimos 12 meses, as perdas do município chegam a 100 mil reais e a previsão é que os recursos do FPM continuem insuficientes para honrar com as obrigações administrativas.

Pode estar certo disso prefeito. Já existe uma previsão negativa de mais de 21% para setembro e, está só começando. Lembra da crise da Bolha Imobiliária que atingiu os EUA e a Europa em 2007/2008 e consequentemente o mundo? Aquela chamada de “marolinha” pelo então presidente Lula? Pois bem, foi ali onde tudo começou. A “marolinha” foi farra. Redução do IPI para as empresas de automóveis não demitirem, redução de IPI de eletros-domésticos, da chamada linha branca e por aí vai. Uma farra. O povo comprou carro novo, TV de 50 polegadas, construiu... Sabe né, o PT tinha que manter a pose de ser o partido onde levou o povo a andar de avião, comprar TV de 50 polegadas e até comprar carro novo. Um dia a conta ia chegar, e está chegando mais salgada agora. O IPI é a principal fonte de arrecadação dos municípios. Fez as contas também de quanto o município deixou de arrecadar nesses anos de redução de IPI? A conta disso tudo, um dia, tinha que aparecer.


O governo Federal e vocês, Senhores prefeitos, também não fizeram o dever de casa: Enxugar a máquina, cortar despesas, acabar com algumas farras... E, não apóiem a volta da CPMF em troca de algumas migalhas.

Nenhum comentário: