PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS PLANTÃO MÉDICO CASOS E ACASOS

Páginas

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

CPI demonstra que a ética do poder é a mentira

Em depoimento espontâneo à CPI da Petrobras, Eduardo Cunha demonstrou que não é aético, não recebe propinas e não abre conta na Suíça. Só mente um pouco. Na madrugada desta quinta-feira, a CPI encerrou suas atividades. Aprovou um relatório que não faz menção à lorota de Cunha segundo a qual só tem contas bancárias no Brasil. O texto tampouco faz menção aos outros 22 deputados e 13 senadores enrolados na Lava Jato. No apagar das luzes, acendeu-se o forno. Mais uma vez, ficou entendido que a ética do poder é a mentira.
(Josias de Sousa)

Um comentário:

Anônimo disse...

So deus pra nos salva