PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS PLANTÃO MÉDICO CASOS E ACASOS

Páginas

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

BB Agência de Alexandria: Uma porta aberta para os bandidos e outra para humilhar aposentados

Se não bastasse a humilhação aos aposentados que querem simplesmente o seu pobre dinheirinho nas contas, a Agência do Banco do Brasil deixa a porta aberta, por duas vezes, para bandidos.

EXPLICO:
Em agosto próximo passado, bandidos instalaram em um caixa eletrônico (o mesmo que o banco paga aos aposentados) um sistema eletrônico conhecido por “chupa cabra” que rouba os dados e senhas dos cartões. Clique AQUI e confira a matéria.

Pois bem. Como vocês viram na matéria, há três meses que o fato aconteceu. Mas, não é que os bandidos voltaram a instalar novamente o equipamento? Neste início de mês dezenas de aposentados que continuavam usando cartões magnéticos foram roubados!

Via Crúcis
Há três meses a minha mãe, Tereza Sarmento, de 82 anos, que sofre de pressão alta e tem mal de parkinson, passou por essa via crúcis. O seu dinheirinho foi sacado por safados, que deverão pagar no inferno, já que o final dessa gente é triste; em Assu. Além de passar mais de quatro horas no Banco para assinar dois ou três papeis, ainda teve que ir a delegacia para prestar depoimento (fazer um BO) orientação do Banco.

Não é que a semana passada tudo voltou a ocorrer de novo! Além de outros aposentados, passou por isso o meu pai Zezinho do Outeiro. Como amanhã é feriado municipal, dia de Nossa Senhora da Conceição, ele foi ao banco na abertura do expediente, às 08 horas da manhã, na esperança de sacar o seu dinheiro. Pois além de passar por tudo isso os aposentados ainda esperam dias para terem o dinheirinho nas contas. Veio sair com o dinheirinho no bolso quinze para uma da tarde. Meu pai tem 82 anos e sofre de câncer de pele.

Pergunta que não pode deixar de ser feita
Porque o banco, nesses três meses, ainda não trocou os cartões magnéticos por cartões com chip? É ou não é deixar uma porta aberta para os bandidos?


Fica o espaço para qualquer resposta do banco. Não fui ouvi-los por que o meu tempo é precioso para receber massada.

Reeditado
Quero deixar bem claro, que em momento nenhum, passou pela minha cabeça denegrir a imagem dos funcionários da Agência do Banco do Brasil de Alexandria. Foram concursados e formados para um atendimento ao público e merecem respeito. Sei que nenhum deles humilharia um cliente e principalmente idosos, mas, o sistema sim.

A Agência do BB de Alexandria é precária de funcionários. Atende não somente a população local. A demanda de serviços é muito grande e estressante. Seria injusto se não reconhecesse isso. Por outro lado, o sistema perverso de um trabalho voltado para obtenção do lucro, aliado a uma demanda deficitária de servidores, maltrata e humilha. Se a Agência fosse seguir a risca aos trâmites da lei, já teria fechado. Pois não há um cliente que não ultrapasse, e muito, o horário permitido por lei para atendimento.

O Banco do Brasil, verdadeiramente não é um banco dos brasileiros. Se as continhas especificamente abertas para receber os salários dos aposentados dessem lucros ao Banco, as providências para troca dos cartões magnéticos dos aposentados já teriam sido feitas. Houve tempo suficiente para isso.


Tenho conhecidos e amigos na Agência de Alexandria e não sou inimigo de nenhum deles. Mesmo aqueles a quem não conheço, sei que não seriam capazes de humilharem ou maltratarem os aposentados. Porém, do sistema, sou inimigo.

Nenhum comentário: