PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

Um Natal repleto de amor e um ano novo de muita paz e realizações

terça-feira, 15 de março de 2016

Curtas

Rolou um estresse na sessão da Câmara – Fixado em bater na tecla que a atual administração recebe muito dinheiro e não está cumprindo com as suas obrigações o vereador Suê foi interpelado pelo colega Diassis, que fez uma lista de trabalhos e pagamentos que estão sendo executados pela administração do prefeito Raimundinho. No final Diassis disse que em cinco meses muitos vereadores iriam aplaudir a administração de Raimundinho. O vereador Suê, enfatizou muito alterado, que não ganhava para ser “puxa saco de prefeito.”

Alterado e desconveniente – O vereador deveria ter maneirado nos termos. Ele é uma autoridade no município e tem que dar exemplo. Nem todos que trabalham em uma administração, ou vereadores que defendem a administração, são “puxa sacos”. São profissionais que merecem respeito. Principalmente quando se trata de um colega. O vereador em questão, também, precisa entender que, como homem público, ele pode a qualquer momento ser contestado e avaliado. Principalmente porque a posição tomada pela oposição criada no governo passado, evidencia um governo que terminou em derrocada. Isso é fato.

Piririm, piririm piririm, alguém ligou pra mim – Todos sabem que é de boa educação ao participarmos de reuniões, palestras, e outros eventos, desligarmos ou colocarmos os celulares em módulo avião ou desligados. Mas na Câmara de vereadores de Alexandria não tem disso não. Mudaram algumas figuras, o telefone só no vibrador, mas a prática continua. Tem “assessor” que não cansa o dedinho para orientar o seu vereador na hora de defender ou descer a lenha. Hoje mesmo eu contei três ligações. O exemplo não nada bom.

Água pra quem tem sede – O vereador Júnior Abrantes pediu que não usassem a água dos poços públicos instalados para servir ao povo para a venda. Fez criticas. Segundo ele a um político, que recentemente pediu na Assembleia Legislativa que o governo perfurasse poços em Alexandria. Para o vereador “um aproveitador.”

Nome aos bois – Esse deputado citado pelo vereador já é conhecido em Alexandria. Chama-se Gustavo Carvalho. Sempre promete em campanhas e no final do mandato despeja requerimentos pra todos os lados.

Cobrança – O vereador Suê cobrou mais eficiência dos deputados apoiados em Alexandria. Seria válido se não soubéssemos como o processo ocorre. Eles vêm, oferecem dinheiro a seus líderes políticos e vereadores e depois vão embora computar, de longe, os votos que compraram. E ainda tem alguns que conseguem para si ou para familiares uma boquinha na assessoria de gabinete.

Por falar nisso – Onde está a segunda larva de fantasmas expulsos da folha de pagamento da Assembleia?

O povo deveria participar – O povo, verdadeiramente, não sabe a força que tem. Ele (o povo) é que deveria escolher o deputado em que vai votar, ou ao menos, participar das reuniões decisivas em que os políticos escolhem o deputado e enfia goela abaixo do povo. O conchavo era pra ser feito baseado nos recursos ou benfeitorias que tal deputado destinasse ao longo do seu mandato aos municípios. São pouquíssimos os que fazem.

Segura o boi Mauricy! – Olha, essa história do Matadouro Público de Alexandria dá uma novela. O prédio foi inaugurado, com pompas, no segundo governo de Alberto Patrício sem qualquer aparelhamento. Não tinha nem uma faca sega para cortar rouco. Na campanha política o ex-prefeito Nei Rossatto criticou a inauguração sem o funcionamento. Somente no final da sua administração botou o negócio para funcionar. Uma hora tinha esteira, mas não tinha motor; outra hora tinha martelo elétrico, mas não tinha energia e, até hoje, a coisa está desmantelada, segundo Mauricy. Fica a dica para Heleno Sobrinho, tomar uma providências.

Outra providência – A secretária de Saúde precisa responder as perguntas do povo. Afinal, o que acontece com os exames de média a alta complexidade? Como ficará o Poder público com relação à pactuação pelo SUS? Os vereadores já falam em convocar a secretária de Saúde a Câmara.


Sabe a babá da foto exposta pelos petistas? – Ela está na mídia. Se sente assustada e diz que as coisas precisam mudar. Diz que votou em Aécio porque acreditou nele. Agora vai passar de explorada a ter a sua vida investigada pelos petistas até encontrarem ou inventarem uma história pregressa para denegrir a imagem da empregada doméstica. Quer apostar? Veja AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário