PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

Um Natal repleto de amor e um ano novo de muita paz e realizações

segunda-feira, 21 de março de 2016

Jornal britânico sugere renúncia ou novas eleições para evitar retorno da ditadura

Eu sempre disse que o PT é mais do que um partido político, é uma seita. Se o PT governasse tão eficientemente o quanto mente, seria de uma perfeição que já seríamos, no mínimo, a terceira economia global e o Brasil seria igualzinho a propaganda do PT.

E agora, será que a imprensa mundial também é PIG? Será que os principais jornais do planeta querem derrubar o governo do PT para abocanhar um pedacinho da Petrobras?

Agora foi a vez do jornal do jornal britânico The Observer, versão dominical do The Guardian, afirmou em editorial neste domingo (20) que a renúncia da presidente Dilma Rousseff é necessária, caso "ela não consiga restabelecer a calma" no país. "Uma preocupação óbvia é que esses protestos (contra e pró-governo), se saírem do controle, poderiam degenerar em violência desenfreada e no risco de intervenção pelas Forças Armadas", diz o jornal em editorial intitulado "A visão do Observer para o Brasil".


No texto, é citada também a possibilidade de convocação de novas eleições. "A democracia brasileira, restaurada em 1985 depois de 20 anos de ditadura militar, não chega a ser uma planta tão robusta que não possa ser desenraizada novamente por uma combinação de fracasso político e emergência econômica. O dever de Dilma é simples: se ela não pode restabelecer a calma, tem de convocar novas eleições - ou sair". No entanto, como explicou o cientista político Rafael Cortez, em entrevista à BBC, Dilma não tem o poder de convocar novas eleições em um sistema presidencialista como o brasileiro. "O mecanismo institucional para a convocação de novas eleições aqui seria ou uma renúncia coletiva da presidente e do vice (Michel Temer) ou a cassação da chapa (Dilma-Temer) por uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em função de irregularidades na campanha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário