PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

Um Natal repleto de amor e um ano novo de muita paz e realizações

terça-feira, 8 de março de 2016

Resposta ao vereador Suê pelas críticas a esse blogueiro

Acredito que a maioria dos alexandrienses que ouviram a transmissão pelo rádio da sessão da Câmara de Vereadores, ouviram também, em plena discussão de um Projeto de Lei, o vereador Suê misturar “alhos com bugalhos” e levantar um assunto pessoal contra a minha pessoa. Antes de tudo, quero agradecer ao nobre vereador por tecer elogios a meu filho, a minha esposa e, modesto, a mim também. Eu também admiro o cidadão, embora que, ultimamente, caiu-me em descrédito o político. Talvez seja essa a sua paranóia de que eu estou lhe perseguindo. Na verdade eu conheço o amigo muito pouco. Lhe entrevistei várias vezes nas sessões, porém o nosso contato pessoal foi muito pouco. Lembro que conversei algumas vezes quando lhe encontrei nas ruas para que lembrasse a seu primo Dr. Ednaldo Almeida, que ele havia prometido um patrocínio para a produção de Inácio Garapa, o maior evento cultural de Alexandria, mas, infelizmente, não deu certo.

Vamos aos finalmentes. Eu tenho feito sim, críticas ao POLÍTICO, por não concordar com algumas ações dele enquanto seu discurso não condiz com os fatos. Além de ser cidadão íntegro e pagador dos meus impostos, inclusive do salário dele, tenho um trabalho que toda Alexandria conhece que é um veículo de imprensa na internet, o site arquivovipnews.com.br, e posso discordar ou concordar. Todavia, não esqueça que você é um homem público e, portanto, passível de avaliações. Se você não gostar peça direito de resposta ou responda por outros meios. Foi totalmente desagradável, desproporcional,  inaceitável e não condizente com um vereador que se diz correto, você, como homem público, usar a tribuna da Casa do Povo para tratar de um assunto particular e, principalmente, no meio de uma discussão sobre um Projeto de Lei. Principalmente quando você disse que aprovaria o projeto, mas, questionou o pagamento pelos meus serviços que bem poderia servir para saúde e educação. Pura demagogia vereador, os reais que eu recebo não daria nem para fazer cócegas no bolso de tantos professores que tiveram o mês de dezembro e o 13º fora das contas por quem você hoje defende. Isso é mais de R$ 500 mil vereador. Outros assuntos importantes como a redução de mais 50 cargos que o plano propõe você não falou. Acho que é um salário que eu mereço. Quem não concordar paciência. Também não vou concordar que você não mereça um salário de vereador de pouco mais R$ 4 mil reais.

Sabe nobre vereador, eu não estou aqui por favores políticos, estou por merecimento. Eu não vivo em passeata política, nem comendo na casa de político e defendendo-os em esquinas para ganhar um cargo na administração. Fiz a campanha de Alberto Patrício e fui pago para isso. Na época disputava pelo meu trabalho o ex-prefeito Jandui Fernandes. Depois fui convidado para participar do governo de Alberto. COMPETÊNCIA. O ano passado fui convidado pela primeira Dama Rossânia Rossatto, para assumir a Assessoria de Comunicação do governo. Posso provar, tenho a conversa gravada. COMPETÊNCIA. Nunca votei em Raimundinho, só fui na sua casa uma vez e já faz anos. Só apertei a mão de Jeane Ferreira uma vez. Duas horas e meia depois que Raimundinho tomou posse no dia 06 de janeiro ele foi a minha casa mais o assessor jurídico, Gladstone Albuquerque, me convidar para ser o assessorar e eu aceitei, sem pestanejar, porque eu vi nas atitudes e nos olhos de Raimundinho que ele queria uma administração séria. COMPETÊNCIA. Você acha que eu não tenho o direito de pedir por aquilo que eu acho que o meu trabalho vale? Você, amigo Suê, foi infeliz em tudo o que disse. Olhe o blog da prefeitura de Alexandria. Lá só tem notícias sobre a administração e inclusive, muito boas. São, principalmente, notícias sobre pagamentos de salários que competem à administração, e os atrasados também. Quanto ao meu blog Suê, ele é particular, é meu, ninguém mete a mão e eu discirno sobre o assunto que eu quiser. Eu já lhe falei, não sou criado em discussões, passeatas e comendo em casa de prefeito para ter a minha vida privada sobre cabresto e recebendo favores. No dia que Raimundinho achar que o meu trabalho não lhe serve mais, pode me demitir. No dia que eu achar que eu não estou sendo valorizado ou quiserem pegar no meu pulso – o que acredito que não ocorra – eu caio fora. O trabalho é uma dádiva, o salário também, porém, enquanto eu puder me manter não vai ser salário de cargo comissionado, que é hoje e não é amanhã, que vai tirar a minha dignidade Suê.

Você também foi injusto. Quantas e quantas vezes eu não lhe entrevistei para o blog. Eram quase todas as sessões. Quantas e quantas vezes eu não lhe enalteci. E nunca vi você se levantar uma única vez para me agradecer, ou para enaltecer o meu trabalho. O problema amigo, é que o que você defende hoje não foi e não é bom para Alexandria. Você tem o seu livre arbítrio e eu tenho a minha liberdade de formar opinião. Quem estiver certo que colha as glórias mais tarde.

Um fato é certo amigo Suê. Com ou sem o salário que vão me pagar para fazer o meu trabalho que, por sinal, está sendo muito bem aceito, eu vou continuar com o meu blog, pois ele não depende de político, de salário de prefeitura e muito menos de suas críticas infundadas. Eu respeito o seu mandato, embora não tenha concordado ultimamente com suas ações, e o salário que recebe para representar o povo, pago pelo povo. Respeite também o meu trabalho e o salário que acho que é conivente com o que posso oferecer. Sinceramente? Acho que você está muito preocupado com a repercussão que este trabalho está proporcionando para dizer que a administração pública não precisa de assessoria de comunicação.


Bem que você está precisando de uma. Sabia que já me ofereceram, em troca de um diploma de jornalismo por correspondência?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário