PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

Um Natal repleto de amor e um ano novo de muita paz e realizações

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Mais uma vítima por acidente em Alexandria



O acidente aconteceu no Alto Boa Vista, na Av. José Patrício de Figueiredo Neto. A pessoa conhecida por Nenê Camaleão colidiu, quando conduzia a sua moto, na carroceria de um caminhão que fazia uma manobra de ré na avenida.

Independentemente do sinistro ocorrido ontem, o índice de acidentes por motos em Alexandria tem aumentado e muito a sua estatística. Principalmente por menores condutores. Não adianta quebra-molas, não adianta conversa fiada se não houver uma fiscalização rigorosa no trânsito e sem interferências.

São também condutores menores em  veículos, sem documentos. Isso é frequente em Alexandria. Outrora já defendi que não fossem punidos condutores de veículos automotores sem habilitação e com documentação atrasada que trafegam da zona rural de Alexandria para a feira na cidade, mas não o faço mais. Acho que a lei é para todos e quem não pode arcar com ela não deve ter privilégios em detrimento dos outros. Nesses casos quem leva o prejuízo são os que estão legais perante a lei.

Ontem à tarde eu estava na residência do meu pai, no Sítio Outeiro, quando ouvimos o barulho forte de motores em alta velocidade. Eram três jovens pegando racha na estrada que conduz a Alexandria. No alto de Josemar, como é conhecido, o centro da estrada estragada pelas chuvas, deixava apenas uma faixa estreita de cada lado para passar automóveis e motos. Se viesse um veículo em mão oposta o acidente era inevitável diante da velocidade que subiram o alto em suas motos.

Dizem que a educação no trânsito de uma cidade se mede pelo número de quebra-molas. Sem dúvida é melhor educar e, em último caso, punir. No caso de Alexandria punição direta para os pais, parentes e amigos que cedem motos ou carros para menores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário