PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Mão de obra de presos gera economia de R$ 35 mil em reforma de maternidade

Com informações do Portal BO
As obras do centro cirúrgico da maternidade Claudina Pinto, principal unidade de atendimento á saúde da mulher do município de Apodi, estão sendo executada por detentos do Centro de Detenção Provisória de Apodi e isso gerou uma economia aproximada de R$ 35 mil nos custos finais da obra.

A equipe é formada por quatro detentos, sendo dois pedreiros e dois auxiliares. Foram construídas salas e um novo centro cirúrgico, bem como trabalhos de alvenaria, instalação elétrica e hidráulica e aplicação de porcelana. Toda a obra segue normas de segurança e higiene determinada pelos órgãos de vigilância.

De acordo com o diretor do CDP Apodi, agente penitenciário Márcio Morais, os detentos estão trabalhando nessa importante obra a exatos sete meses, totalizando assim 294 dias trabalhados totalmente de forma gratuita e voluntaria.

Sem a mão de obra de carcerária, a direção da maternidade Claudina Pinto teria que desembolsar para os pedreiros R$ 23.520,00 e para os auxiliares de pedreiros a quantia de R$ 11.760,00, durante todo o tempo de serviço, totalizando R$ 35.280,00. “Mas, graças a nossa parceria, essa mão de obra esta sendo totalmente gratuita, pois é uma obra que beneficiará toda população de Apodi e da região”, comentou o diretor do CDP Apodi.

Do Blog: É assim que se faz. O exemplo bem que poderia ser seguido. Parabéns ao amigo Márcio Moraes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário