PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS PLANTÃO MÉDICO CASOS E ACASOS

Páginas

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Acordo retira congelamento de salários de PLP da renegociação de dívidas estaduais



Após consulta ao líder do governo, deputado Andre Moura (PSC-SE), o relator do projeto de renegociação das dívidas dos estados (Projeto de Lei Complementar 257/16, do Executivo), deputado Esperidião Amin (PP-SC), irá retirar do texto a exigência de que os estados e o Distrito Federal não concedessem reajuste salarial por dois anos. O dispositivo constava de destaque supressivo apresentado por partidos da base aliada.

Permanece, entretanto, a exigência de que os gastos primários não ultrapassem o realizado no ano anterior acrescido da variação do IPCA, também nos dois exercícios seguintes à assinatura da renegociação.

Estrangulamento do serviço público
O líder do PSol, deputado Ivan Valente (SP), disse que a retirada do artigo que proíbe expressamente o reajuste de salários de servidores estaduais não vai salvar o funcionalismo do corte de gastos previsto pelo projeto de renegociação das dívidas dos estados com o governo federal. 

Do Blog: Está certíssimo o líder do PSol. Este país é mesmo de um povo manso e que rir da própria desgraça. Governos anteriores que quebraram os Estados, além do governo do PT (ou já se esqueceram da redução de IPI diante da marolinha?), não sofrerão nenhuma punição por isso. Agora, o povo, SIM! Sem culpa pelos desmandos administrativos, vão amargar as agruras de uma PLP que suga e arrocha as famílias que já sofrem com a crise.

Nenhum comentário: