PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

Parabéns Alexandria pelos seus 87 anos de Emancipação Política

domingo, 1 de janeiro de 2017

Raimundo Ferreira deixa a gestão pública ovacionado



Raimundo Ferreira entrega a chave da prefeitura a Jeane Ferreira

Em seis de janeiro, o ex-prefeito Raimundo Ferreira de Andrade, em seu pronunciamento de posse, fazia uma promessa ao funcionalismo público onde poucos apostavam que terminaria o seu mandato sem quebra-la. O município atravessa uma crise política e financeira. Pagar os salários em dia era uma meta difícil. Raimundinho começa o seu mandato tampão, de um ano, com o peso das contas públicas quebradas. O agricultor, açougueiro, vereador e presidente da Câmara, não tinha muita credibilidade para alguns na eminência de gerir um município em crise acentuada. Houve quem o acusasse de fazer parte de um “golpe” para assumir o poder.



 A sua trajetória na gestão pública foi tomando forma, apesar das críticas por dispor de parcos recursos para recuperar a malha urbana abandonada. Conversou com o Sindicato, abriu os extratos dos recursos do dinheiro carimbado da educação e saúde, firmou acordos com as categorias e viu, por algumas vezes, a sua promessa de pagar em dia adiada por contas surpresas resgatadas do FPM pela justiça para pagar dívidas trabalhistas.



No final do seu mandato se escuta dos servidores muitos elogios. “Em 24 anos nunca recebi o mês de dezembro e o 13º juntos,” posta em rede social um funcionário do município. Raimundinho cumpriu a sua promessa com os servidores do município. Mais que isso, fez os recursos advindos do FPM e dos repasses do governo federal circularem no comércio local. Alexandria pulou de uma crise sem precedentes para um ano auspicioso,  mesmo diante de uma crise nacional e da seca abrasadora. São poucos os que não afirmam que o homem simples, antes desacreditado, é o melhor prefeito que Alexandria já teve. Embora tenha administrado o município por um ano. Podemos dizer que o ano de 2016, mesmo com todas as dificuldades, foi bom para a nossa terrinha e marcante na política local. Alguns credenciam como uma obrigação o pagamento em dia, porém, é uma obrigação que poucos cumpriram. Valorizar e priorizar o servidor é não se perder nos trâmites administrativos. No final de dezembro/2016, além do 13º antecipado, Raimundinho pagou os salários do mês sem precisar dos recursos dos juros da repatriação, que foram liberados, mas não constavam no sistema.



Hoje, não faço mais parte do governo. Todavia, não poderia deixar de registrar essa fase histórica. Não, simplesmente, pelo ex-gestor, mas, principalmente, porque Alexandria necessitava de uma mão firme, zelosa pela coisa pública. Ainda estamos longe de creditar ao município uma estabilidade econômica, ainda tem muito a se trabalhar, mas foi um grande passo que ovacionou o nome de Raimundo Ferreira. Alexandria ainda precisa de longos anos de administração comprometida com um todo. Uma nova história começa e, acreditamos, que Jeane Ferreira e Rosângela Patrício possam continuar a reconstruir os trilhos que conduzirão os alexandrienses a dias melhores.



Não é uma questão política. É uma obrigação dos alexandrienses apoiarem e cobrarem. É o nosso futuro que está em jogo. O ex-prefeito Raimundo Ferreira deu o pontapé inicial para um novo modelo administrativo, sem mágicas ou grandes planos, apenas com o pé no chão e valorizando, mais que tudo, os bens e o dinheiro público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário