PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

21 de novembro. Hoje É: Dia da Homeopatia, das Saudações, Mundial da Televisão

sexta-feira, 17 de março de 2017

Central de Regulação de Pau dos Ferros com as marcas do PCC



O prédio da Central de Regulação de Pau dos Ferros, localizado no bairro Princesinha do Vale, amanheceu com marcas de atos criminosos praticados, supostamente, por membros de facção criminosa.

A parede externa foi pichada com a sigla do PCC, uma das facções mais violentas e temidas do País, com membros espalhados em todos os estados.


Na parte interna, além de vidraças quebradas, foi encontrada garrafas contendo líquido inflamável, o que sugere a tentativa de incêndio.

A polícia ainda não se posicionou publicamente sobre o atentado.

Já a Prefeitura repudiou os atos criminosos e tentativa de intimidação, através de nota oficial.

"A Prefeitura de Pau dos Ferros lamenta os atos criminosos praticados na madrugada de ontem, 16, no prédio onde está localizado a Central de Regulação, no bairro Princesinha do Oeste.

O município repudia veementemente a publicidade irresponsável do fato nas mídias sociais e blogs, dando conotação de que cidadãos que estariam supostamente insatisfeitos com o atendimento teriam tentado atear fogo na unidade.

Não acreditamos que a população pau-ferrense apoie atos como este ou tenham qualquer identificação com facções criminosas.

Desde o início da atual gestão não ocorreram registros de filas de espera nas unidades de saúde e na Central de Regulação durante a madrugada, fato registrado rotineiramente até o final de 2016. A Secretaria de Saúde informou que não ocorreu nenhum registro de reclamação sobre o atendimento prestado pelo órgão.

A Prefeitura informa que está tomando as providências cabíveis, tendo realizado o registro de Boletim de Ocorrência na delegacia Civil e aguardará a investigação policial para elucidar o caso.

Este tipo de atitude, que deve ser punida, entristece toda a comunidade, não só pelo transtorno causado àqueles que necessitam do atendimento diariamente, mas também pelo fato de que a gestão terá de deslocar efetivo extra da Secretaria de Infraestrutura para fazer a limpeza do local, deixando de atender, naquele momento, outros pontos da Cidade; além do custo extra gerado ao Município com a pintura e reposição dos vidros. Dinheiro que é de todos e que poderia ser empregado em outros benefícios."

A Prefeitura registrou o caso na Delegacia de Polícia de Pau dos Ferros, solicitando investigação e providências urgentes, para que o patrimônio público seja preservado.
DeFato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário