PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS PLANTÃO MÉDICO CASOS E ACASOS

Páginas

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Executiva do PT propõe emenda de eleições diretas e diz que as delações “são fabricadas”



O Estado de S.Paulo
A cúpula do PT decidiu propor aos parlamentares do partido e também a aliados que apresentem uma emenda constitucional convocando novas eleições presidenciais ainda neste ano. Batizado de “Diretas Já”, o movimento tem o objetivo de marcar posição porque, na prática, a chance de prosperar é remota.

A uma semana do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba, a Executiva do PT se reuniu em Brasília e aprovou uma resolução política que chama as delações à força-tarefa da Lava Jato de “fabricadas”.

“Quanto mais o ex-presidente avança, mais os asseclas do golpe atiçam seu ódio e perseguição com delações fabricadas e denúncias sem provas”, destaca o documento. Réu em cinco ações penais, três das quais no âmbito da Lava Jato, Lula se diz candidato do PT à Presidência, mas, se for condenado em segunda instância pela Justiça, ficará inelegível.

Nenhum comentário: