PÁGINA INICIAL RÁDIO VIP VIP TV ARTIGOS CANAIS YOUTUBE CASOS E ACASOS

Páginas

Um Natal repleto de amor e um ano novo de muita paz e realizações

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Curtas



Fim de festa – Embora muitos dizem que o ano começa depois do carnaval, hoje, dia 02, saímos da alegria de festas para encararmos a realidade de um ano que será decisivo, festivo e recorde em feriados prolongados. E ainda tem a Copa do Mundo. Porém, é um ano onde todos nós devemos escolher bem os nossos representantes nos Estados, para o Congresso e Senado, além do presidente. Vamos continuar retrocedendo se escolhermos para legislar políticos denunciados, condenados por corrupção e por quem ataca e inibe as investigações contra essa lama corrupta que assola o país. Estamos com as armas contra eles e, a hora de usar, nunca este ano foi tão propício.

Já é tradição – Na virada do ano os alexandrienses comemoraram o réveillon com festa na Praça da Folia e a queima de fogos. Principalmente com os servidores municipais com dinheiro no bolso. A atual administração mantém o legado do ex-prefeito Raimundo Ferreira que prometeu, ao assumir no início de 2016, pagar em dia, acabando com o sofrimento de tantos atrasos. Raimundinho, mesmo recebendo uma máquina falida em um momento conturbado por um processo de impeachment, teve que fazer mágica, porque recebeu a herança de muitas dívidas e bloqueios de recursos pela justiça.

Réveillon dos servidores estaduais – Já os servidores do Estado, que receberam até R$ 4 mil, depois de dois meses de atraso, não deu nem para pagar as contas, quanto mais comemorar a entrada de 2018. Já “Robinho,” começou a entrada do ano em um restaurante clique de Natal. Pediu a presença de viaturas para sua proteção e de familiares e recebeu a negativa de que, devido a paralização, não era possível atende-lo. Já o “Procurador do Tribunal de Contas da União, Júlio de Oliveira, chamou de “curiosa” a decisão de Cornélio Alves, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), que bloqueou R$ 225 milhões em recursos do Fundo Nacional de Saúde, para pagar servidores da Segurança Pública. “Por que motivo ele não determina uso dos recursos que o TJRN retém ilicitamente?”, questionou o procurador, fazendo menção à recomendação do Ministério Público de Contas da devolução das sobras do TJRN ao Executivo.

Redes sociais – O diretor do Hospital e Maternidade Guiomar Fernandes, Napoleão Paiva, publicou na sua rede social: Até que enfim o poder judiciário do Rio Grande do Norte sai de sua passividade comprometedora, quebrada apenas para defender interesses pessoais, corporativos, salariais, privilégios descabidos dos seus membros - tal auxílio-moradia e a absurda ‘sobras do duodécimo’, com um comportamento assemelhado ao avestruz de cabeça enterrada no buraco, enquanto o Estado e a cidadania norte-rio-grandense pegam fogo. Tem faltado ao judiciário, entenda-se TJRN, ao legislativo, - o executivo é caso perdido por carências múltiplas -, grandeza, preparo e sintonia com a vida real do RN. Nos últimos dias as posições isoladas dos desembargadores Judite Monte, Cornélio  Alves e, agora, Cláudio Santos vêm reafirmar a proeminência deste poder, sua necessidade de sair urgente do ramerrão medíocre e assumir, com todas as letras e postura, suas obrigações constitucionais na organização e funcionamento do Estado de direito. Os cidadãos e cidadãs do RN precisam, neste começo de ano, renovar suas esperanças de sobrevivência física, inclusive.

Nem tudo foi festa - Um comerciário morreu após capotar o carro na RN 117, trecho entre Alexandria e Antônio Martins-RN. O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira(01), primeiro dia do ano. o acidente ocorreu por volta das 10h40, na altura do sítio Poldro dos Mortos, na pista sentido Antônio Martins. Ele perdeu o controle do carro numa curva. O veículo capotou após sair da pista e cair na ribanceira. O motorista do carro, o alexandriense Francisco Eudes Dantas Lobo, 37 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O passageiro Luís Vieira da Silva, 50 anos, residente no Sítio Carnaubal, zona rural de Alexandria foi socorrido para o regional de Pau dos Ferros. Francisco Eudes que residia em Brasília, teria vindo passar o réveillon com seus familiares. * com informações do Nosso Paraná.

Debatendo a crise - A FIERN sugeriu ao governador Robinson que convocasse representantes dos três Poderes e associações representativas para um debate sobre a crise no RN, principalmente o movimento dos policiais que, aquartelados, deixam a população assustada e com medo de sair às ruas. Resta saber se “Robinho” terá peito para escancarar as mazelas do seu governo.

Efeitos – A infecção na urina de Michel Temer é igual a corrupção. Só mata a bactéria se for com aplicação de uma super dose. A primeira na bunda, a segunda nas urnas.

Josias de Sousa – “Lula cavalga seu sentimento de invulnerabilidade sem se dar conta de que, mantido o enredo, será um candidato precário, condenado a manter uma campanha incerta, que o obrigará a cruzar um terreno minado por temas radioativos: mensalão, petrolão, apartamento de praia, sítio de veraneio, contas milionárias, tráfico de influência e palestras de fancaria. Um candidato assim, com uma pauta tão envenenada, dispensa conspirações.” Tenho dito: quem votar em supostos candidatos que nem José Serra, Aécio Neves, Michel Temer, José Sarney, Remam Calheiros, Dilma Rousseff, Lula, entre outros investigados, não tem moral para criticar a corrupção neste país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário